Funcap divulga programação do 48º Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras; saiba como participar

O 48º Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras será realizado nos dias 5, 6 e 7 de janeiro de 2023. A programação foi divulgada pela Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap) nesta terça-feira (27).

Considerado um dos maiores encontros artístico-culturais do país, o evento tem como tema “Teatro Popular: Suas Vertentes e Gestão Cultural” e reúne palestras, rodas de conversa, grupos de trabalho, encontro com mestres dos saberes e exibição de documentários.

As atividades são abertas ao público e acontecem no auditório da Universidade Federal de Sergipe – Campus Laranjeiras. Os interessados devem realizar inscrição através do formulário disponível nas redes sociais da Funcap a partir do dia 29 de dezembro.

Programação

Dia 5 de janeiro (quinta-feira)

8h30 – Abertura Oficial

  • Prefeito Municipal de Laranjeiras
  • Presidente do Conselho Estadual de Cultura
  • Presidente da FUNCAP

9h30 – Mesa de abertura a homenageada: Aglaé d’Ávila Fontes – trajetória e andanças pelos caminhos das Culturas Populares

  • Risia Rodrigues Silva Monteiro/GEPHED/UFS/CNPq/SE
  • Augusto Barreto Dorea/SE
  • Aglaé d’Ávila Fontes/SE – homenageada
  • Coordenação da mesa: Terezinha Oliva/IHGSE

11h – Conferência de abertura: “Teatro Popular e suas vertentes – introdução ao tema”

  • Conferencista: Lindolfo Amaral/SE
  • Coordenação da Mesa: Antônio do Amaral/SE

12h – GT 1: “Danças Dramáticas Brasileiras”

  • “As Danças Dramáticas dos Orixás” – Clecia Maria Aquino de Queiroz/UFS
  • “Cantos da Festa en-cantos do corpo” – Rita de Cássia Nascimento Rodrigues/Bahia
  • Coordenador do GT: Hildenia Oliveira/UFAL

Dia 6 de janeiro (sexta-feira)
9h – GT 2: “O Teatro Popular e sua pluralidade”

  • “Hermilo Borba Filho e o Teatro Popular do Nordeste” – Leidson Ferraz/PE
  • “Elementos animados no contexto poético das manifestações artísticas populares do Meio-Norte e Nordeste do Brasil” – Tácito Borralho/UFMA
  • “A batalha dos Lambe-sujos e Caboclinhos” – Mesalas Ferreira Santos/Faculdade Pio Décimo/SE
  • Coordenador do GT: Lindolfo Amaral/SE

10h30 – Encontro com Mestres dos Saberes

  • Mestra Marilene/Reisado São José – Japaratuba
  • Mestre Zé Rolinha/Chegança Almirante Tamandaré – Laranjeiras
  • Dona Ione/Parafusos – Lagarto
  • Coordenação: Ana Karina Calmon de Oliveira Rocha/UFS

11h30 – GT 3: “Teatro de Rua: Arte Pública, inspirações populares”

  • “Imbuaça: 45 anos de resistência pelas ruas do Brasil” –  Lindolfo Amaral/SE
  • “A experiência do Grupo Joana Gajuru/Maceió-AL” – Waneska Pimentel/UFAL
  • “O Teatro de Rua na Bahia” – Fabrício Silva de Brito/BA
  • Coordenação: Rogério Alves/CEC/SE

14h30 – Talk: “Mais que resgatar tradições, resgatamos pessoas!”

  • Ricardo Carmo/RJ e Yérsia Assis/SE
  • Apresentação dos documentários:
  • “O Ano que a onça descansou”  (tempo: 15 minutos) – Direção: Geilson Gomes e Yérsia Assis
  • Documentário: Mestres do Povo – Especial 10 Anos! (tempo: 60 minutos) – Direção: Ricardo do Carmo.

Dia 7 de janeiro (sábado)

9h – GT 4: “Gestão Cultural e as Culturas Populares”

  • Representante da FUNCAP
  • Representante do Conselho Estadual de Cultura
  • Representante da Prefeitura de Laranjeiras
  • Representante da FUNCAJU
  • Coordenação: Fernando Aguiar/UFS/Conselho Estadual de Cultura

10h30 – “Encontro com Mestres dos Saberes”

  • Neilton Santana/Grupo São Gonçalo/Laranjeiras
  • José Roberto Santana/Reisado Baile Estrela/Moita Bonita
  • Coordenação: Leomax Célio da Silva Santos/SE

11h – Comunicações

  • “Mestre Cheiroso chegou”: a formação artística e pedagógica do brincante Augusto Barreto” – Gustavo Floriano/SE
  • “Cotidiano e Relações Sociais no Guerreiro Treme-Terra, na Cidade de Penedo/AL” – Mariane Andrea/AL
  • “São Gonçalo da Mussuca em transformação: os impactos causados por Festivais Culturais em grupos populares” – Denisson Cleber/SE
  • “Cultura Popular e Educação Estética: um estudo sobre o Pastoril” – Edcley Vasconcelos/SE
  • Coordenação: Denio Azevedo/UFS

12h – “Moções e Escolha do tema do próximo Simpósio”

  • Coordenação: Igor Albuquerque/SE
  • Presidente do Conselho Estadual de Cultura

Artigos Mais Recentes

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui