Vacina bivalente começa a ser aplicada na próxima segunda-feira em Sergipe, informa SES

Neste primeiro momento, com o objetivo de reduzir casos graves e óbitos pela Covid-19, os grupos estabelecidos para receberem a vacina são pessoas acima de 70 anos; pessoas que vivem em instituições de longa permanência a partir de 12 anos (ILPI e RI) e trabalhadores desses locais; pacientes imunocomprometidos acima de 12 anos; indígenas; ribeirinhos e quilombolas a partir de 12 anos de idade.

A aplicação da vacina bivalente contra a Covid-19 terá início em Sergipe a partir da próxima segunda-feira, 27, contemplando, inicialmente, os grupos prioritários. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a distribuição de 175.014 vacinas bivalentes da Pfizer aos municípios sergipanos também  já foi iniciada.

Neste primeiro momento, com o objetivo de reduzir casos graves e óbitos pela Covid-19, os grupos estabelecidos para receberem a vacina são pessoas acima de 70 anos; pessoas que vivem em instituições de longa permanência a partir de 12 anos (ILPI e RI) e trabalhadores desses locais; pacientes imunocomprometidos acima de 12 anos; indígenas; ribeirinhos e quilombolas a partir de 12 anos de idade.

No total, a população alvo da primeira fase é de 143.102 pessoas. A meta é alcançar 90% da cobertura vacinal. Todos os grupos prioritários deverão receber uma dose de reforço com a vacina bivalente da Pfizer.

Além disso, o recebimento do reforço com a vacina bivalente para os grupos prioritários está condicionado à existência de esquema primário (básico) completo (duas doses) com vacina monovalente.

Cronograma vacinal

A segunda fase está prevista para 06 de março, com a vacinação de pessoas de 60 a 69 anos. A terceira fase para o dia 20 de março, com as gestantes e puérperas, enquanto que a quarta fase está prevista para o dia 17 de abril e vai contemplar os trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente (a partir de 12 anos), população privada de liberdade (a partir de 18 anos), adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos) e funcionários do sistema prisional.

Via Fanf1