Gustinho Ribeiro: “Quando precisamos da dedicação de todo grupo é que se evidenciam os espíritos-de-porco.”

Destaques

A vitória política dos Ribeiros em Lagarto vem deixando a família Reis bastante preocupada.

Nos últimos anos, os Reis demonstram sinais claros do seu fim político. As sucessivas e significativas derrotas nas urnas mostram que a população já não aprova mais o estilo deles de administrar e, aos poucos, o povo vai aposentando um a um dos Reis.

Nas eleições deste ano, os Reis estavam com dois deputados com cargos – Fábio Reis e Goretti Reis – e acabaram elegendo apenas um deles. Diferente dos Ribeiros que tinham apenas um federal – Gustinho Ribeiro – e saíram com dois deputados elegendo também Áurea Ribeiro para Alese. Além disso, os Ribeiros ajudaram a eleger Laércio Oliveira senador e os Reis não elegeram Danielle Garcia.

Somente nos últimos quatro anos, a parceria do mandato de Gustinho em Brasília com a administração da prefeita Hilda Ribeiro revolucionou Lagarto. Foram investimentos em todas as áreas, em especial uma preocupação com o futuro da cidade, com a geração de emprego e renda e melhoria expressiva na saúde da população.

Nos últimos anos, os Reis se preocuparam somente em destinar emendas para o Hospital Nossa Senhora da Conceição – notadamente conhecido pelos problemas trabalhistas e escândalos com uso dos recursos públicos.

ELEIÇÃO

Porém, nesse momento, o nosso foco é eleger Fábio governador do nosso estado. Não é interessante para a candidatura de Fábio insinuações sobre as eleições de 2024, isso só atrapalha. Quem faz, faz por maldade”, afirma Gustinho.

É um grande absurdo deixar de focar os esforços para a reta final do segundo turno. Será que os Reis querem que Fábio Mitidieri ganhe ou estão querendo apenas tumultuar? Quando precisamos da dedicação de todo grupo é que se evidenciam os espíritos-de-porco”, concluiu o deputado.

Por Kleber Cavalcanti

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *