A partir de quarta-feira (17), Sergipe entra no toque de recolher das 20h às 05h. A medida já havia sido prometida pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), mas governador adiou decisão ao tomar outras medidas menos restritivas. O Papa-Jaca apurou que decreto terá validade até segunda-feira (22), quando encerrariam as medidas anunciadas na semana retrasada.

No entanto, será possível estender a medida se não houver redução no número de internamentos por covid-19 no estado. Toque de recolher substitui o lockdown, opção mais severa, porém, defendida por membros do Comitê Técnico-Científico, pesquisadores da UFS e associações médicas – que chegaram a emitir uma nota pressionando o governador neste fim de semana.

Decisão foi tomada nesta segunda-feira (15) após reunião de emergência convocada depois de a média-móvel de mortes em virtude do coronavírus ultrapassar a faixa de 15 por dia no estado. Encontro ocorreria somente na quinta-feira (18), mas foi antecipada após pressão de entidades médicas.

Para a nova fase, haverá uma fiscalização maior da Polícia Militar, Civil e das equipes das Vigilâncias estaduais e municipais. No decreto, está previsto ainda o fechamento absoluto de praias, adiamento de pontos facultativos e funcionalismo público atuando de maneira inteiramente remota.