Na noite desta quinta-feira (22) foi divulgada a pesquisa de opinião da CTAS Capacitação para o pleito eleitoral de Lagarto. A amostra havia tido sua divulgação suspensa após uma liminar impetrada pela coligação ‘Lagarto de Um Novo Jeito’ na 12ª Zona. A decisão é do dia 19 último.

Um recurso foi aberto no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) solicitando também uma tutela de urgência, com a finalidade de liberar a pesquisa. A juíza Sandra Regina Câmara Conceição entendeu que “restou comprovada a probabilidade do direito” e deferiu a liminar permitindo a divulgação.

O instituto havia sido acusado de não especificar a quantidade de entrevistados, o que só é obrigatório no ato da divulgação, e a lista de bairros, cujo limite de registro definido é o dia seguinte à liberação para o público. “Em um juízo de cognição sumária, tenho como presentes os requisitos imprescindíveis à concessão da medida ora vindicada”, escreve a magistrada.

Trecho da tutela expedida. PRINT: O Papa-Jaca

Na pesquisa da CTAS, Hilda Ribeiro (SD) apareceu com 33,54%, empatada no limite da margem de erro (3%) com Fábio Reis – que apresentou 27,4%. Ibrain Monteiro vem em seguida, com 10,27%, sucedido por Nininho da Bolo Bom (1,64%) e Jorge Prata (0,18%). Não sabe ou não opinaram acumularam 16,9% das respostas, já brancos e nulos foram 9,73%. 1,1 mil pessoas foram entrevistadas entre 17 e 19 de outubro.

Rajada de fogos

Em comemoração, aliados da candidata à reeleição divulgaram vídeos de uma rajada de fogos. O Papa-Jaca apurou que, os fogos – proibidos desde da última quarta-feira (21) – também foram disparados nos povoados Colônia Treze e Brasília.