Na manhã desta terça-feira (07) a Câmara de Vereadores aprovou com unanimidade o projeto enviado pela Prefeitura Municipal que previa a doação do terreno para a construção do Hospital de Amor no município.

No mês passado, a Administração Municipal promoveu uma solenidade, em que foi feita a entrega de um cheque simbólico ao vendedor do terreno, o senhor Josimar Carvalho. Todavia, a efetiva doação do espaço pela prefeitura através da compra dependia do crivo dos parlamentares municipais.

O marketing precipitado da PML não agradou os legisladores, principalmente os da oposição, que apesar de antemão anunciarem o apoio à propositura, demonstraram incômodo com o fato da Administração Municipal ter privado a Câmara do diálogo, sugerindo que a doação seria de responsabilidade unilateral por parte da prefeita Hilda Ribeiro.

O Hospital de Amor será o primeiro centro de grande porte para o tratamento oncológico no Nordeste. A vinda do complexo contou com apoio de diversas frentes, como a bancada sergipana na Câmara Federal e a ponte de apoio e diálogo estendida por Juquinha do PT entre o fundador do HA, o filantropo Dr. Henrique Prata e as autoridades políticas sergipanas.