No dia 20 de maio, o vídeo de uma médica – em seus stories no Instagram – ganhou repercussão ao exibir a estrutura do telhado de sua Unidade Básica de Saúde (UBS) cedendo à chuva. Nos 30 segundos gravados, pela recém-formada Ester Bencz, ela pede que a prefeitura auxilie a UBS – localizada no povoado Brejo.

“O SUS sofre; o SUS chora.”

Segundo Ester, foi preciso apenas 20 minutos de chuva para que a situação gravada ocorresse. Em seguida, ela chama o alagamento causado de “problema recorrente” e diz “[Prefeitura], vamos trabalhar juntos para melhorar (lê-se: resolver) esta situação?”. Na semana seguinte, dia 29, Bencz já constava na Transparência Municipal na lista de demitidos.

No video, é possível ainda perceber alguns baldes que teriam sido colocados poucos instantes depois da chuva, imaginando-se que o problema da sala de vacina – que possui um ar-condicionado – poderia ser contido. A médica confirmou a demissão sem justa causa à nossa equipe; já a Prefeitura ainda não se manifestou sobre o fato. O Papa-Jaca aguarda.

Assista:

Ver essa foto no Instagram

DEMITIDA | A @prefeituradelagarto demitiu, sem apresentar justificativa, a médica que gravou a situação estrutural da sala de vacina da Unidade Básica de Saúde (UBS) do povoado Brejo. Ester Bencz foi admitida em 3 abril, quando passou a ser responsável pela UBS em questão, em 20 de abril o vídeo – em que exibe a situação do posto “após 20 minutos de chuva” – ganhou repercussão no município e, apenas 8 dias depois, a Transparência já apresentava Ester entre a lista de demitidos. “[Prefeitura], vamos trabalhar juntos para melhorar essa situação?”, questionou a profissional no story publicado. @opapajaca já entrou em contato com a médica e aguarda um posicionamento também da Administração. #saude #sus #ubs #opj

Uma publicação compartilhada por O Papa-Jaca (@opapajaca) em