O Papa-Jaca acaba de confirmar, através de uma fonte no Hospital Universitário de Lagarto (HUL), que a atual taxa de ocupação dos leitos de UTI direcionados ao novo coronavírus é de 70%. Na última apuração, há exatos 15 dias, esse número foi de 50%.

“(…) não ficar prontos a tempo do pico do vírus no estado.”

Aguardando o Hospital de Campanha e o Nossa Senhora da Conceição (HNSC) ficarem prontos, o HUL segue atuando sozinho na região, mas com apenas 3 de seus 10 leitos ainda disponíveis. Segundo o boletim epidemiológico da SMS na última terça-feira (26), apenas um lagartense com caso confirmado de coronavírus precisou dar entrada na UTI até ontem. Ou seja, os demais seis internos do HUL são pacientes de outros municípios que precisaram se transferidos diante da política de racionamento de vagas adotada pela SES.

Ainda de acordo com o boletim de Lagarto, a cidade tem 126 casos confirmados da covid-19, dos quais 70 estão com doença em sua fase ativa. A fila de lagartenses aguardando resultado do teste, via Laboratório Central de Sergipe (LACEN), bateu mais um recorde e, agora, são 63. Importante ressaltar que, ainda sobre os hospitais, tanto o de Campanha, quanto o HNSC, sempre estiveram com seus prazos de entrega previstos apenas para a primeira quinzena de junho. Por recorrentes vezes O Papa-Jaca publicou que estes poderiam não ficar prontos a tempo do pico do vírus no estado.

Ver essa foto no Instagram

Em ação de indenização por danos morais, calculada em R$20 mil, a juíza Camila Ferreira atendeu à tutela de urgência da defesa de @dannielprata e determinou o prazo de cinco dias para que Júnior Papito, dono do Xexo Sergipano, apague fake news em que acusa o editor-chefe do @opapajaca de uso, vício e contribuição ao tráfico de drogas – o que, além de tudo, inclui infinitos tóxicos. A fake news, que usa como base uma foto em que Danniel satiriza um ‘baseado’ e que foi postada por ele próprio com a intenção de demonstrar sua opinião pró-legalização da maconha, foi compartilhada depois que Prata publicou uma reportagem em que mostrou que o dono do Xexo compõe junto a outras 30 pessoas o gabinete milionário do deputado estadual e pré-candidato a prefeito Ibrain Monteiro (PSC). Desde 2019 ele recebia R$2 mil mensais da Assembleia Legislativa, mas, após reportagem, ele foi exonerado em março. #fakenews #justiça #maconha #legalize #opj

Uma publicação compartilhada por O Papa-Jaca (@opapajaca) em