Informação atualizada às 12h22: Casos confirmados do coronavírus sem paradeiro são do povoado Colônia Treze e do centro. Segundo funcionários da SMS, os casos informaram a localidade correta, mas faltando informações. Desde a tarde desta terça-feira (28) eles sumiram e não atendem o telefone. O Papa-Jaca segue informando com exclusividade.

Nesta terça-feira (28) cinco novos diagnósticos da covid-19 foram identificados em Lagarto. No total, o município agora possui sete casos, além dos primeiros comunitários. Três deles, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) são dos povoados Urubutinga e Colônia Treze.

Na manhã desta quarta, porém, uma fonte ao O Papa-Jaca confirmou que dois casos, um da Colônia Treze – no conjunto Leonor Barreto Franco – e outro do centro, estão desaparecidos. A SMS tenta encontrá-los, mas sem sucesso desde o dia anterior. Os pacientes teriam informado endereços com informações faltantes e os números de telefone fornecidos também não estão sendo atendidos. O Papa-Jaca reforça a necessidade da quarentena, mesmo que na zona rural.

Ver essa foto no Instagram

ATRASO DE 15 DIAS | A estatal EBSERH havia anunciado há exatos 15 dias a construção do Hospital de Campanha em Lagarto. No informe, a data para início da construção foi o dia 16, tendo como prazo de entrega o tempo máximo de 45 dias. Porém, somente nesta terça-feira (28), o ministro da Educação – responsável pela empresa pública – anunciou a liberação do recurso para erguer o anexo de UTI do HUL. Até lá, Lagarto segue com apenas 10 leitos para atender todo público da região centro-sul, de acordo com o próprio Governo do Estado. Atualmente, a cidade tem 7 casos oficiais da covid-19 e Sergipe já é o estado com a maior alta proporcional do país – tendo sido 32% nas últimas 24 horas. Para saber todos os detalhes, acesse o site (@opapajaca). #HospitalDeCampanha #Coronavirus #Lagarto #OPJ

Uma publicação compartilhada por O Papa-Jaca (@opapajaca) em