No país, até o momento já foram confirmadas 46 mortes em decorrência do novo coronavírus. São Paulo concentra, até o momento, 40 dessas vítimas. Os casos de contaminação subiram para 2.201 nesta terça-feira, sendo que os casos sergipanos são são, por enquanto, apenas 15 desse montante – 34% a mais que o balanço anterior. Nenhum deles é lagartense.

No entanto, ainda na noite desta terça-feira (24), a radialista Hellen Souza, da Serigy FM, surpreendeu a cidade com a informação de que sua prima – natural de Lagarto – havia falecido em decorrência de complicações do covid-19, adquirido de maneira comunitária – quando não se sabe a origem da transmissão. A confirmação veio a partir de stories publicados em sua conta pessoal no Instagram.

Publicação da prima da vítima. PRINT: Reprodução/PLN

Samantha Farias tinha 33 anos, era casada, deixou duas filhas. Segundo o Portal Lagarto Notícias, ela visitava a cidade sempre aos finais de ano, a cada dois anos. Conforme apurado pelo O Papa-Jaca, Samantha havia dado entrada no Hospital Central de Guaianases (Zona Leste da capital) indicando forte gripe.

Pronunciamento

O presidente Jair Bolsonaro pediu, em pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio exibido na noite desta terça-feira, a reabertura do comércio e das escolas e o fim do “confinamento em massa”. As medidas têm sido utilizadas no combate ao novo coronavírus, que já deixou 46 mortos no país.

Durante o pronunciamento, houve panelaço em todas as regiões do país. E logo em seguida, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre,  rebateu Bolsonaro: ‘Brasil precisa de liderança séria, responsável e comprometida com vida e saúde da população’.