Larissa Nascimento, de 23 anos, é uma jovem lagartense moradora do povoado Santo Antônio – berço da cidade, a 4,5 km do centro do município. Além de trabalhar como cabeleireira e revender artigos de moda feminina, ela separa um tempo para contar, em seu instagram, momentos do cotidiano. A desenvoltura lhe fez ganhar muitos seguidores, criando o ambiente perfeito, não apenas para cenas engraçadas, mas para fazer crítica à falta de atenção do Poder Público.

Segundo ela, num vídeo-denúncia gravado na tarde desta quinta-feira (9), “tem mais de uma semana que o [povoado] Santo Antônio está sem água”. Na gravação, Larissa mostra o momento em que sua mãe sai de casa com dois baldes cheios de roupa. “Minha mãe [está] indo lavar roupa na casa dos outros, na casa de minha vó”. E finaliza: “A situação está precária aqui, viu?”.

Procurada por nossa equipe, Nascimento conta que as caixas d’águas de sua casa haviam secado na segunda-feira (6) e, por isso, não sabe precisar quando que a falta de abastecimento começou, mas acredita que “já tinha faltado bem antes”; em torno de uma semana. Ela afirma também não saber a extensão do dano sentido. Porém, “na minha rua ‘tá’ toda sem água e ‘na rua subindo’ também”.

O Papa-Jaca procurou a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) para esclarecimentos. No entanto, a empresa negou conhecer qualquer problema de abastecimento na região e “nem mesmo em outra parte da cidade”, disse através de um dos canais de atendimento. Nossa equipe seguirá acompanhando o caso e procurando respostas.

Assista: