Na última quarta-feira (6) o Music Video Festival, produtor do MVF Awards, divulgou a lista de finalistas na edição deste ano do prêmio. Em seu sétimo ano, o evento premia os melhores videoclipes produzidos entre agosto de 2018 a 13 de setembro último.

“Os resultados serão divulgados no dia 12 de dezembro.”

Artistas, diretores e produtoras puderam inscrever suas produções até a data final. No total, incluindo os prêmio internacionais, atualmente são 14 categorias, entre escolhas do júri e do público. Segundo O Estado de São Paulo, a novidade deste ano é a parceria com o UK Music Video Awards. Com isso, seis videoclipes nacionais terão isenção na taxa de inscrição no prêmio britânico.

Pela primeira, uma produção sergipana foi destaque no MVF. Lançado este ano, o clipe da artista transexual Isis Broken concorre na categoria de Melhor Figurino Nacional. Não é pouco coisa, sobretudo ao levar em consideração grandes nomes da cena alternativa que também concorrem ao seu lado – como Etérea, de Criolo, e Diaba, de Urias.

O clipe de Isis teve a participação do diretor Raymundo Calumby – que também atuou como direitor de arte, produtor e roteirista. Em sua conta no Instagram, ele comemorou a classificação e categorizou o festival como “o maior do gênero do país”, diz. O videoclipe ‘O Clã’ foi gravado inteiramente em Sergipe e já conta com 11 mil visualizações.

No entanto, o público pode votar apenas nas produções selecionadas à “melhor videoclipe nacional”, “melhor videoclipe internacional” e “melhor videoclipe com mensagem social”. As demais categorias serão decididas pelo júri, que, neste ano, é composto pelos convidados: Laís Bodansky, João Wainer, Marcelo D2, Ricardo Laganaro e Aisha Mbikila. Os resultados serão divulgados no dia 12 de dezembro.

Assista