Na manhã desta sexta-feira, 30, uma complexa operação garantiu a transferência de uma paciente do Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS), da rede Ebserh, para ser submetida a um transplante de fígado em Recife. A usuária chegou ao Hospital Universitário há cerca de 15 dias e com o continuar do atendimento e tratamento foi constatada a necessidade do transplante hepático, após avaliação do hepatologista do HUL, Alysson Araujo.

Equipes médicas, de enfermagem, de regulação e logística do hospital foram mobilizadas. FOTO: Marcelo Sandes

“Após a avaliação da paciente, identificamos a necessidade de transferência para um serviço apto à realização de transplante”, descreve o especialista. “Foi iniciada então as tratativas para a transferência da usuária para outro estado, e com o empenho de todos os profissionais envolvidos na regulação e no transporte, tivemos êxito em possibilitar o tratamento adequado à necessidade da paciente”, ressalta Alysson.

Para garantir a operação e todo o preparo até o transporte da paciente, vários setores do HUL foram mobilizados, envolvendo equipes médicas, de enfermagem, de regulação e logística, após articulação do Hospital Universitário com a Central de Regulação de Leitos, Central de Transplantes, Central de Regulação de Urgência e Central de Tratamento Fora do Domicílio do Complexo Regulatório do Estado de Sergipe.

“O trabalho articulado com o Complexo Regulatório do Estado de Sergipe foi de fundamental importância para o sucesso da operação”, ressaltou Marcos Henrique dos Santos, chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do HUL. “O que possibilitou que uma paciente que deu entrada em um pronto socorro da rede tivesse garantido o diagnóstico e acesso a leito apropriado para tratamento definitivo”, enfatizou.

A paciente foi conduzida inicialmente para o aeroporto de Aracaju por helicóptero do Grupamento Tático Aéreo, em parceria com o Samu Sergipe. E, em seguida, seguiu em avião para a capital pernambucana, onde será submetida ao procedimento de transplante.

Texto de Marcelo Sandes,
Unidade de Comunicação do HUL