Após crime cometido em anexo da Escola Municipal Adelina Maria na manhã desta quinta-feira (15), a Polícia Militar, Civil e a Guarda Municipal passaram a atuar conjuntamente com a finalidade de apreender os suspeitar e apurar o caso.

Os dois menores – um de 17 anos e outro de 12 – foram apreendidos e ainda nesta tarde dois adultos foram presos por porte ilegal de armas. Em conversa com a polícia, o disposto dono da arma utilizada por um dos garotos diz ter emprestado o objeto ao padrasto de um deles. Fato reascendeu nas redes sociais o debate sobre a posse de armas.

Menores apreendidos em operação conjunta. FOTO: Reprodução/7º BPM

Já o menino autor dos disparos contra o vigia da unidade escolar contou que sua intenção seria, de fato, assaltar, mas que só atirou “com medo de perder o ‘oitão'”. Resposta confirma o depoimento de testemunhas, que contam que a vítima teria reagido ao assalto.

Estado de saúde

O Papa-Jaca segue acompanhando também o estado de saúde do vigia atingido. Logo no início da tarde desta quinta, assim que foi estabilizado, ele foi encaminhado do Hospital Universitário de Lagarto (HUL) – onde aguardava na Ala Vermelha – ao Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE). O Estado ainda é grave.