Em uma série de tweets durante o final de semana, o deputado federal lagartense Gustinho Ribeiro (SD) se declarou favorável à reforma da Previdência em seu atual estágio. Para centrais sindicais do mais variado espectro, o texto ainda representa ameaças aos trabalhadores, sobretudo, mais pobres.

No entanto, como argumenta o parlamentar, “sob a liderança do presidente Rodrigo Maia em parceria com partidos de centro, [os deputados] captaram bem o sentimento das ruas que uniu o desenvolvimento econômico e justiça social”. Em tweet anterior, Gustinho pontua que “a Comissão Especial produziu um texto que conta com o meu apoio”.

Movimentos de direita no estado, como o MBL Sergipe, viram como louvável a decisão do parlamentar lagartense. “Bola dentro (…). Parabéns pela decisão”, afirma o grupo em sua conta no Instagram.

10,4% dos lagartenses seguem na extrema-pobreza. FOTO: O Papa-Jaca

Em abril, ao Blog do Max, ele respondeu que “da forma que está a Reforma da Previdência não terá meu apoio”. Ribeiro afirmou também que “com as alterações necessárias, que evitem jogar a responsabilidade nas costas do trabalhador, aí sim me posicionarei a favor de reestruturar o sistema previdenciário, que só em Sergipe tem um déficit anual de R$ 1,2 bilhão”.

Gustinho especificou os pontos que discorda: A parte referente ao BPC, a aposentadoria rural e a criação do sistema de capitalização. Estes, em questão, de fato foram alterados na Comissão Especial.