De acordo com Wikipédia, Free Fire é um jogo eletrônico mobile de ação-aventura do gênero battle royale, desenvolvido pela 111dots Studio e publicado pela Garena. O jogo obteve um beta aberto em novembro de 2017 e foi lançado oficialmente para Android e iOS em 4 de dezembro de 2017.

“Aqui não tem [competição] e o pessoal daqui é bom e gosta; a gente tem que propor isso [expandir a cultura].”

Desde então o jogo estourou e se tornou um dos mais jogados, inclusive em Lagarto. Hoje, a febre não é tanta, mas o tempo foi suficiente para existirem usuários profissionais dos mais diversos níveis. O que ocasionou o surgimento de uma segunda atração: os campeonatos.

A primeira edição já registrada da competição de Free Fire na cidade está sendo organizada pela guilda – equipes formadas por até 48 players que têm interesses em comum dentro do jogo – liderada por Paulo Santos, de 27 anos. O gamer lagartense conseguiu uma sala personalidade e esta servirá ao campeonato. Será partida única em modo solo.

Segundo Bruno David, 23 anos e um dos integrantes da intitulada guilda Bolda, as inscrições custam R$10 e seguirão até o preenchimento das vagas totais da sala – isto é, 48. “Vai ser só uma partida, todos contra todos. Primeiro prêmio vai ganhar R$150 mais uma action figure de um personagem do jogo, o segundo lugar R$100 e uma action figure de uma skin; e o terceiro vai ganhar R$50 e outra action figure de uma skin”, explica David.

Para se inscrever, basta entrar em contato no número: (79) 9 9837-1790. “Campeonato aqui em Sergipe só tem de Aracaju em diante. Aqui não tem é o pessoal daqui é bom e gosta; a gente tem que propor isso [expandir a cultura]”, conclui.

Action Figure do Rafael será uma das premiações ao primeiro colocado. FOTO: Reprodução