Itabaiana, Sergipe e Lagarto estão garantidos na Série A1 do Campeonato Sergipano em 2020, mas decidiram disputar a Segunda Divisão no segundo semestre deste ano. As três equipes protocolaram o pedido junto à Federação Sergipana de Futebol na última sexta-feira (7), quando acabou o prazo para registro de inscrições no torneio.

O presidente da FSF, Milton Dantas, havia afirmado que pretendia incluir os três clubes na disputa como convidados. No entanto, a Federação fez uma consulta à CBF sobre a legalidade do convite.

Nesta terça-feira (11), o Departamento de Competição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se manifestou pelo veto à possibilidade de a Federação Sergipana incluir Lagarto e os outros dois times como convidados na Série A2 do Campeonato Sergipano 2019.

A decisão da CBF foi informada por meio de nota da FSF e esta afirma que se baseia no Estatuto do Torcedor. O artigo 10 do documento destaca que “fica vedada a adoção de qualquer outro critério, especialmente o convite, observado o disposto no art. 89 da Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998; em campeonatos ou torneios regulares com mais de uma divisão, será observado o princípio do acesso e do descenso; e serão desconsideradas as partidas disputadas pela entidade de prática desportiva que não tenham atendido ao critério técnico previamente definido, inclusive para efeito de pontuação”.

À série A2, a FSF confirmou no total o registro de 18 equipes: América de Pedrinhas, América de Propriá, Amadense, Aracaju, Atlético Gloriense, Barra, Botafogo, Boquinhese, Canindé, Coritiba, Estanciano, Força Jovem, Maruinense, Propriá, Rosário Central, Santa Cruz, Socorro e Socorrense.

O congresso técnico da Segunda Divisão acontece na próxima quinta-feira, às 15h, no auditório do Tribunal de Justiça Desportiva de Sergipe, sendo que o início da competição está previsto para o mês de agosto.