Na quarta-feira (5) uma frente fria chegou ao estado. O fenômeno é comum ao período e, para especialistas, poderá ser o menos intenso em anos. Segundo Overland Amaral, meteorologista da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Semarh), a frente deverá atingir o Centro-Sul de Sergipe ao longo desta sexta-feira (7), “onde deverá ocorrer o maior volume”, pontua. Vale ressaltar que Lagarto ocupa a maior parte da região.

Defesa Civil de Lagarto: (79) 3631-3439

Ainda de acordo com o meteorologista, “por dia, a média deve chegar aos 50 mm”. Quem confirma a previsão é o The Weather Channel – serviço de monitoramento global em tempo real do clima e da temperatura. Em específico para esta sexta, o TWC aponta que a chuva só deverá dar trégua, na cidade, no início da noite; retornando por volta das 20 horas. Temperatura mínima pode chegar aos 21 graus.

“Ontem a chuva se estendeu para a região Sul e hoje se desloca para a Centro-Sul, onde deve ocorrer o maior volume. Por dia, a média deve chegar aos 50 mm. No Litoral Norte, a frente fria chegou com ventos de até 50 km/h, principalmente no município de Pirambu, o que provocou elevação de ondas, com risco de derrubada de árvores por causa dos ventos intensos”, explicou Overland.

Amaral e o The Weather Channel também se encontram em uma outra informação: a duração da passagem da frente fria. A expectativa é que o sol apenas retorne no decorrer da semana e por um curto período de dias – que devem seguir nublados. A Marinha, através da Capitania dos Portos, também emitiu um aviso, mas de ressaca no mar – com previsão de ondas de até 2,5 metros.

Em Lagarto, a Prefeitura divulgou logo no início do dia alertas de cuidado acompanhado do contato da Defesa Civil municipal – em caso de emergência.