A Central Única dos Trabalhadores em Sergipe (CUT-SE) e outras entidades sindicais, como a CSP Conlutas, CTB e UGT, vão realizar ato unificado em referência ao Dia do Trabalhador, que será comemorado na quarta-feira (1º). A manifestação será unificada em Aracaju, sendo que a concentração começa às 8h na Praça da Juventude, na Augusto Franco, com caminhada até os Arcos da Orla da Atalaia.

As Frentes de movimentos sociais Brasil Popular e Povo Sem Medo também estão puxando o ato. Durante a caminhada, serão coletadas assinaturas para adesão ao abaixo-assinado das centrais contra a reforma da Previdência, que tramita na Câmara dos Deputados.

Flyer do protesto. Reprodução/LPJ

No dia 15 de maio, entidades que representam os trabalhadores devem realizar ato em defesa da Educação e, novamente, da Previdência. Os líderes sindicais estão programando uma greve geral para o dia 14 de junho, em meio ao avanço da reforma no Congresso – com nova previsão de ser votada em agosto.